Exame neurológico e provas diagnósticas

O exame neurológico revelará as doenças do cérebro, dos nervos, dos músculos e da medula espinhal. Os principais componentes do exame neurológico consistem na história clínica, na avaliação do estado mental, no exame objectivo e, se estiver indicado, na selecção de provas diagnósticas. Ao contrário do exame psiquiátrico, que avalia as manifestações do comportamento do indivíduo, a avaliação neurológica requer um exame físico. No entanto, um comportamento anormal é, muitas vezes, um indicativo do estado físico do cérebro.