Aneurismas da aorta e dissecção aórtica

A aorta é a artéria principal e mais grossa do organismo, que recebe todo o sangue expulso pelo ventrículo esquerdo para que seja distribuído por todo o organismo, excepto pelos pulmões. Tal como o faz um grande rio, a aorta ramifica-se em artérias tributárias mais pequenas ao longo do seu trajecto desde o ventrículo esquerdo até ao abdómen inferior à altura da parte superior do osso da bacia (pelve).

As perturbações da aorta compreendem os aneurismas (pontos débeis na parede da aorta que permitem a protrusão de parte desta), as rupturas com a consequente hemorragia e a separação das camadas da parede (dissecção). Qualquer destas situações pode ser imediatamente mortal, mas a maioria necessita de anos para se desenvolver.