Valvulopatias

O coração tem quatro cavidades: duas pequenas superiores, ou aurículas, e duas grandes cavidades inferiores, ou ventrículos. (Ver imagem da secção 2, capítulo 15) Cada ventrículo possui uma válvula de entrada e outra de saída, pelo que o sangue só pode circular numa direcção. A válvula tricúspide abre-se da aurícula direita para o interior do ventrículo direito e a pulmonar do ventrículo direito para o interior das artérias pulmonares. A válvula mitral abre-se da aurícula esquerda para o interior do ventrículo esquerdo, enquanto a aórtica se abre a partir do ventrículo esquerdo para o interior da aorta.

O mau funcionamento das válvulas cardíacas pode manifestar-se de duas formas: deixarem escapar sangue por elas (regurgitação ou insuficiência valvular) ou não se abrirem adequadamente (estenose valvular). Cada perturbação pode alterar gravemente a capacidade de bombeamento do coração. Por vezes, uma mesma válvula pode ter ambos os problemas.