Traumatismos

Nos países industrializados, os traumatismos são a causa de morte mais frequente nas crianças, quer dizer, provocam mais mortes do que o cancro, os defeitos congénitos, a pneumonia, a meningite e as doenças cardíacas juntas. Inclusive entre os bebés com menos de 1 ano de idade, todos os anos se produzem mais de 1000 mortes devido a quedas, queimaduras, afogamentos e sufocação. As lesões também podem causar invalidez; de facto, por cada criança que morre por causa de alguma lesão, 1000 sobrevivem, mas ficam incapacitadas.

As lesões são frequentemente produzidas pela curiosidade das crianças e em geral podem ser evitadas. São mais frequentes quando a criança tem fome ou está cansada (antes das refeições ou da sesta), se for muito activa, estiver sob o cuidado de outra pessoa ou viver num ambiente novo, como uma casa nova ou uma residência de Verão. É mais provável que se produza um acidente quando os pais se encontram ocupados ou não têm consciência dos novos riscos que a criança vai adquirindo à medida que cresce.