Infecções bacterianas

A maioria das crises de febre que as crianças sofrem devem-se a infecções virais, embora as infecções bacterianas também possam provocar febre. As infecções bacterianas podem ser graves, mas normalmente são tratadas de imediato com antibióticos. O diagnóstico precoce de uma infecção bacteriana é fundamental para assegurar o seu tratamento imediato.

Uma infecção bacteriana costuma ser difícil de distinguir de uma infecção viral. Regra geral, as infecções bacterianas têm tendência para provocar mais febre (por vezes atingem os 41ÞC) e provocam um aumento maior do número de glóbulos brancos. As crianças que correm maior risco de contrair infecções bacterianas são os bebés com menos de 2 meses de idade, os que não tem baço ou que sofrem de outro problema do sistema imunitário e os que são afectados por uma anemia drepanocítica. Nos climas temperados ocorrem muitas infecções bacterianas e virais nos meses de Inverno, talvez favorecidas pelas aglomerações nos lugares fechados, embora algumas também se manifestem no Verão.