Doenças cutâneas superficiais

A camada superior da pele, denominada estrato córneo ou queratina, é composta por várias camadas de células mortas lisas e actua como uma barreira que protege o tecido subjacente de possíveis lesões e infecções. Ao diminuir a evaporação, os óleos desta camada cutânea ajudam a manter a humidade nas camadas mais profundas, mantendo a textura da pele macia e flexível. (Ver secção 18, capítulo 190)

O estrato córneo é apenas uma parte da epiderme, uma fina camada de pele que cobre quase a totalidade do corpo. Em algumas zonas, como nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, a epiderme é grossa e o estrato córneo oferece-lhe uma protecção extra contra os impactos e as abrasões. A epiderme também pode ser espessa e dura nas zonas excessivamente secas.

As doenças das camadas superficiais da pele afectam o estrato córneo e as camadas mais profundas da epiderme e tanto podem causar mal-estar temporário como graves alterações crónicas.