Equilíbrio do sal

Os sais são compostos químicos simples formados por átomos que transportam uma carga eléctrica positiva ou negativa. Por exemplo, o sal de mesa (cloreto de sódio) é constituído por átomos de sódio de carga positiva e átomos de cloreto de carga negativa. O cloreto de sódio forma cristais quando seca, mas, como muitos outros sais que se encontram no corpo, dissolve-se facilmente na água.

Quando um sal se dissolve na água, os seus componentes existem separadamente como partículas carregadas, denominadas iões. Estas partículas carregadas e dissolvidas são designadas colectivamente com o nome de electrólitos. O valor (concentração) de cada electrólito numa solução de sais dissolvidos pode-se medir e expressa-se geralmente como a quantidade em miliequivalentes (mEq) por unidade de volume da solução (geralmente em litros).

Os electrólitos dissolvem-se nos três compartimentos principais de água do corpo (Ver secção 12, capítulo 136): o líquido no interior das células, o líquido no espaço que as rodeia e o sangue (os electrólitos dissolvem-se no soro, que é a parte líquida do sangue). As concentrações normais de electrólitos nestes líquidos variam. Alguns encontram-se em concentrações elevadas no interior das células e baixas fora delas. Outros encontram-se em concentrações baixas no interior das células e elevadas fora delas.

Para um funcionamento adequado, o organismo deve manter a concentração dos electrólitos dentro de limites muito apertados em cada um destes compartimentos. Com este fim, os electrólitos são deslocados para dentro ou para fora das células. Os rins filtram os electrólitos do sangue e excretam na urina uma quantidade suficiente deles para manter um equilíbrio entre a ingestão e o consumo diários.

As concentrações de electrólitos podem avaliar-se num laboratório através de uma amostra de sangue ou de urina. Medem-se as concentrações dos electrólitos no sangue para determinar se há uma anormalidade e, neste caso, usam-se os resultados para avaliar a resposta ao tratamento. O sódio, o potássio, o cálcio, o fosfato e o magnésio são os electrólitos implicados mais frequentemente nas perturbações do equilíbrio salino. Também se medem o cloreto e o bicarbonato; contudo, a concentração de cloretos no sangue é, em geral, paralela à de sódio, e o bicarbonato costuma estar implicado nas perturbações do equilíbrio ácido-base. (Ver secção 12, capítulo 138)




Principais electrólitos do organismo
Carregados positivamente
Carregados negativamente
Sódio ( Na+)
Cloro ( Cl- )
Potássio ( K+)
Fosfatos ( HPO4- e H2PO4-)
Cálcio ( Ca++)

Magnésio ( Mg++)

Bicarbonato (HCO3-)